10 de jul de 2008

Ao Sopé da Montanha



Para fazer este desenho, usei um suporte para nanquim que herdamos do meu já comentado avô, José Maglovsky. Ele é todo de ferro com uma ponta aberta como se fosse uma pena de nanquim mais grosseira e maior mas com uma haste bem menor. Muito bom pra desenhar, sem contar que vc pode fazer mil espessuras de traço, já que a regulagem da abertura é manual, o mesmo mecanismo de compassos. Grande ferramenta, além disso pode-se usar vários tipos de tinta nanquim, coloridos e com texturas porque depois é só limpar direito e está pronto pra usar novamente. Tentei até comprar um desses mas não sei o nome e mesmo numa casa especilizada de materiais pra desenho o atendente não soube o que era. Nem sei se fabricam mais este tipo de coisa. Se alguém souber o nome me avise, por favor.

Um desenho bucólico mais uma vez.

Nenhum comentário: